quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

A difícil arte de torcer para algum time além do Botafogo

Não tenho times em outros estados. Em outros países até pode ser. Me tornei botafoguense em 1989, num jogo contra o Flamengo, time para o qual o meu avô materno queria que eu torcesse. Na primeira metade da década de 1990, gostava do Palmeiras e do Milan. Depois passei a ter a noção de que o rubro-negro não combinaria comigo e passei a torcer para a Juventus de Turim. Mas em 1996, quando a Vecchia Signora não permitiu que o Botafogo usasse a sua tradicional camisa listrada de preto e branco, passei a ter raiva desse timeco da Itália. O Botafogo acabaria campeão do Torneio Tereza Herrera com a camisa do La Coruña, da Espanha, clube pelo qual passei a ter um carinho especial por conta deste fato. Na Espanha também gosto do Real Madri, time em que jogou o campista Didi. Prá vocês verem como é difícil torcer para m time que não seja o seu. No sul gostava do Grêmio até saber que parte de sua torcida é neo-nazista. O mesmo fato ocorreu com a Lazio da Itália, a qual admirava por lá ter jogado Djair, ex-Botafogo e Fluminense. Mas depois também descobri que os torcedores da Lazio também são neo-nazistas. Racistas, xingam e jogam bananas para os jogadores negros, dentre eles alguns brasileiros. Por falar em Fluminense, acreditem ou não já vesti a camisa do tricolor na infância, quando jogava no mirim do Campos Atlético. E o Fluminense foi um dos motivos de eu deixar de torcer para o Vélez, da Argentina. Comecei a gostar do time azul quando ele venceu o São Paulo na Libertadores. Também gostava da camisa com um “v”. Mas depois que soube que a torcida deles é parceira do Fluminense desisti. Outra coisa que me desmotivou a torcer para o Vélez é que num jogo que vi deles esse ano, reparei que a torcida deles canta uma música de Xuxa no estádio. Isso diminuiu ainda mais minha afeição pelo Vélez. Estou dizendo tudo isso porque agora tenho um time para torcer na Argentina. É o Boca Juniors, da tradicional La Bombonera. É que os hermanos vão disputar um amistoso no dia 26/01 contra o rival River Plate (que nos eliminou da Sul-Americana de 2007) com uma camisa alvinegra, uma referência ao primeiro uniforme do clube de 1905. Tai, prá quem não tinha time na Argentina, vale torcer para o Boca por conta dessa camisa (o modelo da foto foi usado no centenário em 2005).

Um comentário:

  1. Participe do Super Quiz, desafio 4:
    http://fcgols.blogspot.com/2011/12/super-quiz-desafio-4-bonus-epecial.html

    Como são dados os pontos:
    http://fcgols.blogspot.com/2011/12/super-quiz-primeiro-desafio-lancado.html

    O Super Quiz não distribui prêmios, é apenas para distração de nossos leitores.


    Bola Furada d'or, pior tombo de 2011:
    http://fcgols.blogspot.com/2012/01/bola-furada-dor-primeira-postagem-do.html

    ResponderExcluir